Alpha Estágio

Aprenda com boas histórias do cinema

Existem muitas formas de aprendizado. O conceito dos tipos de aprendizagem, também conhecido como teoria das inteligências múltiplas, indica que cada indivíduo tem um jeito próprio de aprender. Por isso, o autoconhecimento faz toda a diferença na hora de perceber quais são as técnicas de estudo que mais combinam com o seu perfil.

Neste post vamos tratar do aprendizado Espacial. Nessa aprendizagem, os estímulos visuais são fundamentais para a absorção dos conteúdos. Pessoas com esse tipo de inteligência conseguem reconhecer e localizar formas e objetos, além de projetar imagens mentais. Logo, também podem assimilar dados e termos com facilidade, desde que haja algum estímulo visual envolvido.

Além de usar esses recursos para o seu aprendizado acadêmico, assistir bons filmes contribui para o autoconhecimento e de quebra, aprender algumas lições de vida.

As histórias revelam aquilo que precisamos saber em momentos cruciais da nossa vida. Quantas vezes você já não se identificou com algum personagem ou história de cinema?

Por isso separamos algumas sugestões de filmes disponíveis na Netflix com grandes lições. Ah, os títulos estão organizados de acordo com o ano de lançamento e não seguem critérios classificatórios. Bora conferir?

1. Emicida: Amarelo — É Tudo Pra Ontem (2020), Fred Ouro Preto

Com filmagens do concerto de Emicida no Theatro Municipal de São Paulo, gravado em 2019, o documentário também relata por meio de sequências animadas e filmagens antigas a história da escravidão no Brasil e suas consequências, o nascimento e a proliferação do samba, a chegada do hip-hop ao país e seu amadurecimento como força cultural. Emicida mescla essas histórias com seu próprio papel como artista contemporâneo e oferece um delineamento astuto de como, para as pessoas pretas no Brasil, a arte sempre se alinhou com o ativismo.

2. Minha História (2020), Nadia Hallgren

O filme se concentra em Michelle Obama, enquanto ela viaja pelos Estados Unidos, no final de 2018 e início de 2019. Detalhes autobiográficos do livro homônimo são trazidos para a tela por meio de entrevistas com a ex-primeira-dama, sua mãe, Marian Shields Robinson, seu irmão, Craig, e um membro de sua segurança. Barack faz uma participação especial durante um evento, mas cedendo o foco para sua esposa. O filme revela um olhar mais voltado para a intimidade da família Obama.

3. Os 7 de Chicago (2020), Aaron Sorkin

Após os assassinatos do revolucionário pacífico Martin Luther King Jr. e Bobby Kennedy, que lutaram por direitos civis, um grupo de revolucionários decidiu realizar um protesto pacífico na Convenção Nacional Democrata de 1968, em Chicago. No entanto, após polícia começar a espancar os manifestantes, estes retaliaram jogando garrafas e pedras. Após cinco dias de protestos, o ato resultou em várias prisões. Dentre elas, sete líderes de movimentos foram presos e levados ao tribunal de maneira contraditória sob uma série de acusações, incluindo cruzar fronteiras estaduais para incitar um motim.

4. 37 Segundos (2019), Hikari

Vítima de paralisia cerebral, Yuma é cadeirante e sofre com a superproteção da mãe e suas obrigações com a família. Apesar de reconhecer suas limitações, Yuma é uma adolescente cheia de sonhos. Ela quer se tornar artista de mangá, quer explorar sua sexualidade, quer ter autonomia. Apesar de constantemente ser submetida a situações desagradáveis, que a questionam e a diminuem, Yuma tenta se manter focada e determinada na vida.

5. Roman J. Israel, Esq. (2017), Dan Gilroy

Roman é advogado em um escritório de defesa dos direitos civis ao lado de William Henry Jackson. Roman fica com a parte burocrática e nos bastidores, enquanto Jackson enfrenta os tribunais e recebe os louros. Quando Jackson tem um infarto e entra em coma, a empresa fecha. Roman, que recebia mal e não tinha economias, fica à deriva. O advogado George Pierce, um figurão do direito criminal, logo oferece a Roman um emprego que lhe renderá um dinheiro que nunca ganhou em seus 36 anos de carreira, mas que confrontará sua ética profissional e sua moral.

6. Um Homem Entre Gigantes (2015), Peter Landesman

O filme conta a história do médico Bennet Omalu, que descobriu uma patologia resultante de impactos sofridos por jogadores de futebol americano em suas partidas. A encefalopatia traumática crônica acomete 99% dos ex-jogadores da liga americana e também pode atingir boxeadores e outros atletas de esportes de impacto. Na luta para que sua pesquisa chegue até a NFL, a liga nacional dos Estados Unidos, ele desafia o status quo, enquanto confronta interesses políticos, culturais e corporativos que alimentam o esporte.

7. Sushi a la Mexicana (2014), Anthony Lucero

Forçada a desistir de seu carrinho de venda de frutas para encontrar um emprego mais estável, a mãe solteira Juana consegue um trabalho como ajudante de cozinha em um restaurante japonês. Lá ela descobre um novo mundo de culinária e cultura muito distante de tudo que ela já conheceu. Enquanto trabalha na cozinha do restaurante, Juana secretamente observa os chefs de sushi e, eventualmente, aprende a fazer uma infinidade de sushis. Ela embarca em uma jornada de autodescoberta, determinada a também se tornar uma chef.

Fonte: FER KALAOUN, Revista Bula.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Leia também

Investimento Certo!

Vivemos, no mercado de trabalho, um grande paradoxo. Enquanto faltam empregos na base, em alguns setores a falta é de talentos! Principalmente nas áreas de

LEIA MAIS

2022, o Ano do RH

As mudanças aceleradas impostas pela pandemia do Covid-19 causaram impactos imediatos em nossas vidas e certamente outras ainda virão pela frente. O estudo do Gartner

LEIA MAIS