fbpx

Estágio é investimento

Estágio é investimento

Compartilhe agora:

Em média, o trabalhador só consegue sua primeira vaga formal em média aos 28 anos, de acordo com números da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) compilados pela consultoria iDados, referentes a 2017. Entre 2006 e 2014, a média era de 25 anos. O fenômeno reflete o avanço da informalidade, que atingiu 41% dos trabalhadores em 2017. Outro ponto determinante é a dificuldade dos jovens em conseguir emprego. Segundo o IBGE, a taxa de desocupação entre brasileiros com idade entre 18 e 24 anos no fim de 2018 era de 25,2% — mais que o dobro da média nacional.

O fato é preocupante mas nem tudo está perdido. O estágio como ferramenta estratégica de acesso ao mercado de trabalho garante ao estudante a tão exigida experiência em processos seletivos futuros.

Temos que ressaltar que o estágio é o período de investimento, tanto para estudantes como para as empresas contratantes. O estágio é o momento de amadurecimento profissional do estudante, momento de definir as áreas que deseja atuar, colocar em prática aquilo que é visto na teoria.

Para as empresas, o estágio vale como um período de experiência antes da efetivação. É possível obter dados importantes como a aderência do estagiário a cultura da empresa, perfil comportamental, capacidade de engajamento e o mais importante, moldar o perfil de acordo com a necessidade.

Compartilhe agora:

Precisa de ajuda?
Fale com a Alpha